Biografia

Cantora, compositora e produtora musical, Alliye é nascida em Caxias no Maranhão e iniciou carreira em Paris no bem sucedido ano do Brasil na França, em 2005. Foi descoberta pela crítica musical francesa, a jornalista Véronique Mortaigne (Le Monde) em cumplicidade com o radialista e DJ, Rémy Kolpa Kopoul (radio Nova). Com repertório autoral desde o início, Alliye defendia sonoridades inspiradas em suas primeiras influências musicais: João Gilberto, Elis Regina, Ella Fitzgerald, Marisa Monte, Marisa do Fado, Gilberto Gil, Carla Bruni e Jacques Brel. A jovem artista então, chegou a assinar contrato de exclusividade com um selo francês (2006), publicando dois álbuns de bossa nova, os quais já se encontram retirados de catálogo. Porém, Alliye ganhou uma imensa bagagem com essa aventura musical que lhe fez alcançar uma média de quinze países, onde apresentou o enredo de seus vinte anos ao vivo. Disso resultou seu primeiro álbum, o "Marítima" (Arrebol Music, 2011), financiado, produzido e lançado pela artista, fincando a sua bandeira independente.

foto: eric marcel
foto: eric marcel

Após essa primeira etapa de carreira, a qual conta com oito anos consecutivos, Alliye retorna ao Brasil com o imenso desafio de transpor para território nacional o seu savoir-faire adquirido em turnês internacionais e intenso contato com jornalistas, músicos e empreendedores culturais, devido também às suas diversas formações em gestão de carreira. Nestes últimos cinco anos, tem se dedicado mais à prática do seu violão, promovendo apresentações solo, como em uma abertura de show da cantora Alcione em outubro de 2017, na capital de Alagoas, Maceió. Mais recentemente em setembro de 2018, foi convidada pelo artista e produtor paulista Walmir Borges para um show em homenagem à Djvan em São Paulo. Em ambos os casos, surpreendeu positivamente as respectivas plateias pelo forte carisma e beleza vocal, tão evidentes em suas composições e releituras.

Atualmente, Alliye se divide entre shows de voz e violão em eventos na capital paulista e o desenvolvimento de carreira que ela mesma administra, com uso rotineiro das redes sociais, em particular seu canal no YouTube, onde além de suas músicas autorais, experimenta repertórios distintos à pedido dos seguidores, criando belíssimas versões de clássicos da música nacional, internacional, inclusive francesa.

Em 2017, surge a vontade de desenvolver novos projetos autorais, lança o "Cabeça Feita", onde mistura música sertaneja com ritmos do seu Nordeste natal, mas em sua maioria, as músicas tendem ao Pop, inspirado de Rap, Reggae e MPB. Um belíssimo repertório o qual é possível apoiar diretamente pela campanha de financiamento coletivo no site CATARSE, lançada em dezembro de 2018. 

Participe clicando no logo abaixo e compartilhe a campanha em suas redes sociais para levarmos esse projeto à largo alcance.

Todos Direitos Reservados. Arrebol Music, 2019.